FITOTERAPIA

domingo, 27 de março de 2011

PRINCIPAIS CUIDADOS NO MANUSEIO COM PLANTAS MEDICINAISPublicado por Bolivar Campos Lima em 26 junho 2009

Existe um grande número de ervas medicinais e variados são os nomes populares nas diversas localidades, onde são encontradas. Portanto o local da colheita é muito importante. Os medicamentos fitoterápicos respondem por uma serie de informações simples e corriqueiras, isto por falta de incentivo para pesquisa nesta área,pois a maior parte dos conhecimentos adquiridos é fruto da sabedoria popular, através de chás e tinturas alcoolicas formuladas empiricamente, e que na maioria das vezes não oferecem resultados satisfatorios como é observado na síntese dos extratos flúidos pela Farmacopéia dos Estados Unidos do Brasil, que em associação com a Fitoquimica, nos permite o isolamento seguro do Fitocomplexo, que são os principios ativos identificados em ensaios laboratoriais.
1-Utilize somente Ervas Medicinais conhecidas.
2-Jamais interrompa um tratamento médico, para fazer uso da fitoterapia , sem o conhecimento do profissional da saúde.
3-Observar sempre se a medicação é de uso oral ou tópico(externo).
4-Procure saber o método correto da preparação, por exemplo:flor e folhas
devem ser usados pela forma de Infusão(importante, pois a decocção retira principios toxicos das flores e folhas).
5-Procure conhecer algumas plantas que possuem toxidez na sua composição como por exemplo: Comigo ninguém pode , Angico(sómente a folha), Tapete de oxalá(abortiva),Tira-teima,Abre caminho,Babosa e avelóz (uso externo).
6-Evite chás para gravidez e lactação.
7-Não adquira ervas medicinais antes de observar se as mesmas contém pêlos de roedores,insetos, môfos,pois isto indica contaminação.
8-Não use Tinturas via oral, pois elas contém alcool etílico.
9-Mantenha ervas medicinais e qualquer medicamento, longe do alcance de
crianças.
10-As flores e folhas devem ser dessecadas ao abrigo do sol, ou a uma temperatura não superior a 50 graus e armazenadas em local ventilado por 12 meses.
11-Lembrar da identificação da planta com o nome ,data e local da colheita.
12-Não usar planta medicinal ou qualquer medicamento fitoterápico que não contenha o nome da erva a data e prazo de validades,indicações de uso e orgão responsavel.
13-Em caso de dúvidas procure uma comunidade ou grupo de saúde em sua Cidade.
14-Nunca utilize receitas caseiras sem antes consultar um médico ou fitoterapeuta.
15-Não utlize continuamente o mesmo tipo de chá, pois o organismo responde menos com o passar do tempo.
16- Os efeitos colaterais não existem em fitoterapia,pois eles são proveniente do uso equivocado, pelo isolamento de um principio ativo do fitocomplexo, que é o conjunto de
fatôres componentes de uma planta medicinal.No tratamento pela ervas medicinais, pode
ocorrer sim, alergias ocasionadas pela interação com medicamentos alopaticos,usados sistematicamente por algumas pessoas, e que torna-se um placebo.Exite tambem alergias proporcionadas pelo uso de tinturas à base alcool etilico como veículo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário